Se alguém ainda duvida da importância de conhecermos o passado para construirmos o nosso futuro, então que revogue todos os conhecimentos acumulados pela humanidade até a presente data. J.U.Nassif

quarta-feira, dezembro 03, 2008

ESTUDO DA ESALQ RECEBE PRÊMIO BOLSA FAMÍLIA
Artigos premiados participarão de missão de estudos internacional

Em cerimônia realizada em Brasília, em 25 de novembro, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva e o ministro do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, Patrus Ananias, entregaram os prêmios de Gestão e de Estudos sobre o Bolsa Família. Entre os 37 artigos de autores brasileiros e estrangeiros inscritos, um estudo da Escola Superior de Agricultura “Luiz de Queiroz” (USP/ESALQ), conquistou a segunda classificação do “1º Prêmio Nacional de Estudos sobre o Bolsa Família”.

Ana Lúcia Kassouf, docente do departamento de Economia, Administração e Sociologia (LES) e pesquisadora do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea) da ESALQ, em parceria com o professor da Paul Glewwe, da Universidade de Minnesota, analisaram oito anos do censo escolar brasileiro - de 1998 a 2005 - com o objetivo de mensurar o impacto do Programa Bolsa Família no rendimento escolar de estudantes no País. A comparação foi feita entre escolas públicas de ensino fundamental com alunos recebendo o apoio do Bolsa Família e escolas sem alunos recebendo o benefício, em diferentes períodos.

Conforme estudo dos pesquisadores, o Programa aumentou as matrículas de 1ª a 4ª série em 17%, e de 5ª a 8ª série em 20%. As taxas de abandono diminuíram em 2% nas escolas de 1ª a 4ª série, e em 1,2% nas de 5ª a 8ª série. O Bolsa Família teria também aumentado as taxas de aprovação em cerca de 3% de 1ª a 4ª série, e em 1% de 5ª a 8ª série.

A primeira colocação ficou para o trabalho “Relaciones directas o mediadas? Participación ciudadana y control social en el programa Bolsa Família”, de Felipe J. Hevia, de Ciesas/México, enquanto que o estudo “Análise do impacto do Programa Bolsa Família na oferta de trabalho dos homens e mulheres”, de Clarissa Gondim Teixeira, da UFMG/Cedeplar, obteve a terceira classificação.

Com esses resultados, os pesquisadores premiados participarão de uma missão de estudos internacional com o propósito de conhecer uma das seguintes experiências de programas de transferência condicionada de renda. São eles o “Programa Oportunidades”, executado pelo governo do México; “Programa Chile Solidário”, executado pelo governo do Chile; ou “Programa Famílias em Ação”, executado pelo governo da Colômbia. Ana Lúcia Kassouf optou pelo Programa Chile Solidário e terá sua viagem custeada pelo Ministério do Desenvolvimento Social.

“O prêmio mostra o comprometimento do governo com a melhoria da gestão do Programa Bolsa Família que vem mostrando bons resultados na redução da pobreza e desigualdade de renda e, agora, na melhoria dos indicadores educacionais. Receber esse prêmio significa um reconhecimento da qualidade da pesquisa desenvolvida na ESALQ. Hoje, por meio desse estudo, tenho a oportunidade de ir ao Chile para conhecer de perto o Programa de Transferência Condicionada - Chile Solidário - o que é muito
importante, pois atualmente o Chile é um exemplo em gestão de programas sociais, tendo conseguido ganhos significativos na melhoria da qualidade de vida da sua população”, declara a pesquisadora.




Free Counter

Arquivo do blog