Se alguém ainda duvida da importância de conhecermos o passado para construirmos o nosso futuro, então que revogue todos os conhecimentos acumulados pela humanidade até a presente data. J.U.Nassif

domingo, fevereiro 01, 2009

Tinoco continua na estrada com 88 anos de idade

Tinoco continua na estrada com 88 anos de idade.

Mesmo com a ausência de seu companheiro, que faleceu em 1994, Tinoco, da dupla Tonico e Tinoco está completando 74 anos de carreira. Em parceria com seu irmão, Tinoco (José Perez), aos 88 anos de idade, já compôs 1,2 mil músicas e gravou 1,5 mil canções em 220 discos produzidos ao longo da carreira da dupla e em sua carreira solo.A trajetória de sucesso começou quando os dois irmãos ainda eram crianças. Eles conheceram o violeiro Virgílio de Sousa e, junto com ele, a primeira viola que era feita de cravelha de pau. "Afinar esse instrumento era muito difícil, as tarraxas não seguravam as cordas, durante as músicas as notas começavam a ficar diferentes", conta o violeiro Tinoco.O gosto pela música está no sangue da família Perez, a primeira música que os dois cantaram foi Tristeza do jeca, em 1925. Já em 1935, quando os músicos tinham 18 e 15 anos, respectivamente, aconteceu a primeira apresentação profissional em Aparecidinha, interior de São Paulo.A partir daí, a carreira da dupla deslanchou, vieram sucessos como Coração do Brasil, interpretada com Chitãozinho e Chororó e Moreninha linda, a mais conhecida canção de viola da dupla.Aos 88 anos de idade, Tinoco afirma que seu fôlego nos palcos continua melhor do que nunca. "Continuo trabalhando como se estivesse no meu primeiro ano de carreira. Encaro todos os desafios que qualquer artista tem pela frente, inclusive, o de manter a carreira no sucesso após tanto tempo. Comparo o artista como um soldado, se bobiar vai para o chão", avalia o violeiro.Quando perguntado sobre a influência da dupla em várias gerações de brasileiros, Tinoco tem a resposta na hora. "O público hoje tem um amor ainda maior que antigamente. Muitos jovens frequentam meus shows por influência dos pais. Isso para mim é muito gratificante, minhas energias se renovam ao ver a quantidade de pessoas novas cantando Moreninha linda junto comigo durante o show. É um grande amor que sinto pelo meu público", diz o músico. "Deus colocou Tonico e Tinoco para alegrar as pessoas, fico muito emocionado quando paro e para pensar que já fiz isso por 74 anos. Parece que minha carreira começou ontem", diz o músico.





VAGA NA MEDIDA






O ADEUS DO HOTEL JARDINEIRA - PIRACICABA


Arquivo do blog