Se alguém ainda duvida da importância de conhecermos o passado para construirmos o nosso futuro, então que revogue todos os conhecimentos acumulados pela humanidade até a presente data. J.U.Nassif

sexta-feira, dezembro 30, 2011

JOÃO GILBERTO POMPERMAYER PEREIRA

PROGRAMA PIRACICABA HISTÓRIAS E MEMÓRIAS
JOÃO UMBERTO NASSIF
Jornalista e Radialista
joaonassif@gmail.com
Sábado 31 de dezembro de 2011
Entrevista: Publicada aos sábados no caderno de domingo da Tribuna Piracicabana
As entrevistas também podem ser acessadas através dos seguintes endereços eletrônicos:
http://blognassif.blogspot.com/
http://www.teleresponde.com.br/

ENTREVISTADO: JOÃO GILBERTO POMPERMAYER PEREIRA

Dr. João Gilberto Pompermayer Pereira é conhecido por inúmeros piracicabanos, Gilberto Pompermayer como é mais conhecido, nasceu na cidade de Porto Ferreira, no dia 11 de julho de 1964, cursou a primeira série no Grupo Escolar Sud Mennucci em Porto Ferreira aos sete anos sua família mudou-se para Piracicaba, ele passou então a estudar no SESI 164, dirigido na época pela Professora Josete Bragion. Em seguida foi estudar na E. E. Prof. Alcides Guidetti Zagatto, no Jardim Esplanada Fez o Curso de Técnico em Química, que funcionava no Colégio Dom Bosco, tendo Dorival Bistaco como responsável pelo curso. Em 6 de outubro de 1980 foi contratado pela Secretaria Municipal de Saúde, como Auxiliar Junior do Laboratório Municipal, que funcionava na Avenida 31 de Março, na parte de cima do Pronto Socorro Municipal, que na época ocupava nesse prédio, já demolido. Gilberto é filho de João Baptista Ferreira cujo irmão Dito Gica é pai do Frei Tito. Portanto Gilberto é primo do Frei Tito, com quem brincou na época de infância e adolescência de ambos. Maria Aparecida Pompermayer Pereira é o nome da mãe de Gilberto. Dr. Gilberto Pompermayer é casado com Elizabete Silva Souza Pereira há 22 anos, tem uma filha com 17 anos. João Gilberto Pompermayer Pereira é biólogo, pedagogo, psicanalista clínico, psicoterapeuta holístico, bacharel em teologia, especialista em Engenharia Humana, MBA em Gestão de Recursos Humanos, MBA em Gestão, Inovação e Conhecimento. Doutorem Filosofia Universal, PH/I. Filosofo Imortal “Honoris Causa” pela Academia de Letras do Brasil. É colunista do jornal de Cordeirópolis, Cordero Virtual, do Indicapira, é colaborador da Tribuna Piracicabana.

Quando seus pais mudaram á Piracicaba vieram morar em que bairro?

Por uns meses moráramos no bairro São Dimas, até meu pai adquirir uma casa na Rua Fernando Lopes, em frente à Tapeçaria Rome, endereço em que residi por aproximadamente quarenta anos. Continuo morando na mesma rua só que um pouco mais acima.

Isso significa que o senhor conhece muito aquela região!

Conheci o Padre João, o Padre Nardin da Igreja da Paulicéia. Toquei violão nessa igreja, assim como na Igreja São José, participei do Cesac, na época em que havia diversos grupos jovens. Eu participava do Grupo do Mineiro. José Luiz Ribeiro, José Valdir Sgrigneiro, que foi presidente do Sindicato dos Funcionários Municipais de Piracicaba também freqüentavam o Cesac.

O senhor atualmente exerce quais atividades?

Sou Fiscal da Vigilância Sanitária, Professor do Centro Paula Souza, onde coordeno o Projeto Ambiental e tenho o consultório particular de Psicoterapia. Sou formado em Biologia pela Unimep, dentro da Secretaria de Saúde consegui todas as promoções de carreira, chegando a Analista de Laboratório, de nível superior. Em 1987 comecei a dar aulas no Colégio Agrícola de Rio das Pedras, onde permaneci por 22 anos. Sou formado em Pedagogia. Em 2001 comecei a fazer Psicanálise, através da Sociedade Psicanalítica Ortodoxa do Brasil.

Em seu trabalho na Vigilância Sanitária o controle de qualidade da água é uma das suas responsabilidades?

A Pró-Água é um programa estadual, executado pelo município. A Vigilância Sanitária faz uma coleta a cada 15 dias, da água que o Semae distribui.

Porque em Piracicaba se consome muita água em galões, distribuída por particulares?

Principalmente em função do sabor da água distribuída pela rede pública. A qualidade da água oferecida pelo Semae é muito boa.

O galão, dependendo da forma pela qual é manuseado ou estocado pode contaminar a água, oferecendo riscos que a água encanada não oferece?

A Vigilância Sanitária fiscaliza o envasamento da água nas fontes, requisita as análises. A Equipe de Alimentos da Vigilância Sanitária fiscaliza nos pontos de distribuição e venda. Os galões de água não podem estar em contato direto com o piso. O galão deve estar bem limpo, insetos, roedores, podem passar pelos galões, principalmente á noite, se o ambiente de armazenamento não for apropriado. A obrigação do consumidor é lavar o galão antes abri-lo para o consumo.

O consumidor em busca de um sabor mais palatável pode estar trocando uma água rigorosamente tratada, por outra cujo manuseio envolve riscos?

A água oferecida pelo Semae é segura, e passa por um controle de qualidade constante.

Instituições como a Esalq, reconhecida internacionalmente pela sua capacidade técnica, poderia realizar um estudo para melhorar o sabor da água oferecida pela rede pública?

Pode ser que isso seja possível. Seria um trabalho interessante, possivelmente tenha que existir recursos humanos e financeiros para esses estudos.

O senhor atualmente leciona quais matérias?

Ética e Cidadania, Filosofia e Sociologia, isso em curso técnico envolvendo as mais diversas faixas etárias.

Ensinar ao individuo os princípios da Ética deve ser uma tarefa de fôlego nos tempos atuais.

Começo por uma abordagem holística (O todo é maior do que a simples soma das suas partes), levando em consideração não o efeito, mas sim a causa. Porquê o cidadão é anti-ético? Qual é a causa disto? Já no primeiro dia de aula digo aos alunos que a partir desse dia estaremos construindo novos conceitos sobre ética. Ética é como escovar os dentes. Se você escovar os dentes da arcada superior e não escovar os da arcada inferior estes sofrerão um processo de deterioração. Na Ética não se pode descuidar de nenhum pequeno detalhe.

Em um momento em que notícias sobre corrupção ocupam grandes espaços na mídia, é difícil ensinar ética?

Se fossemos levar em consideração apenas o efeito, essa disciplina nem existiria. Passo aos alunos o principio de nunca fazer nada que seja contra a ética. Nós temos mais direitos do que deveres, só que a sociedade nos impoem que temos mais deveres do que direitos.

A imagem do político brasileiro está bastante desgastada, isso é por falta de ética ou de carater?

São duas situações muito próximas, a falta de ética implica que talvez houvesse o desconhecimento do código de ética. Caráter tem sua origem no ambiente familiar. São situações distintas. O poder seduz e conduz.

Há quanto tempo o senhor atende pacientes em seu consultório?

No consultório atendo há 10 anos. Embora eu seja psicanalista sou psicoterapeuta holístico, aquele que leva em consideração o todo. Trabalho com auto-estima, psicoterapia evolutiva, regressiva, motivacional, comportamental, inteligência emocional, reprogramação emocional, psicoterapia psicanalítica. Pode ser paciente individual, grupo, familiar ou organizacional.

O que é inteligência emocional?

QI é o Quociente de Inteligência. QE é Quociente Emocional, que nada mais é do que adestrar a razão e a emoção. Se o indivíduo tiver 80% de Quociente Emocional ele estará em forte desequilíbrio. Se for 80% de razão, pode se instalar o egocentrismo: primeiro eu, ele ou ela é meu, pode surgir o complexo de superioridade.

O senhor é religioso?

Fui batizado na Igreja Católica, durante 20 anos freqüentei a União Espírita, fui outorgado pela Igreja Messiânica. Hoje me encontro como espiritualista holístico.

O senhor chegou a fazer algum teste de QI?

Fiz, o resultado foi que meu QI está acima da média. Escrevi os livros: “A Arte Esquecida de Ser Diferente” e “A Missão e o Momento”, igual talvez a maioria seja, o duro é ser diferente. Durante toda a minha trajetória encontrei muitas dificuldades por ser diferente, por pensar além da minha época. Nós nos esquecemos de ser diferentes.

Há uma condução para que todos sejam iguais, não interessa para alguns que exista a diversidade?

Não podemos acompanhar o movimento para o qual o mundo está sendo direcionado. No passado tivemos vários pensadores, isso não significa que temos que pensar como eles.

A humanidade está doente?

Está fadada ao caos, banalizamos o caos. Exemplificando, se acontecer um acidente na esquina quem viu conta com riqueza de detalhes a tragédia, como se aquilo fosse algo corriqueiro, natural. É a banalização do caos.

Os recentes casos de maus tratos á animais, que ocupou espaço na grande mídia, traz consigo o sentimento de revolta do ser humano contra tais atos. É uma demonstração positiva do ser humano?

Existem várias formas de entender isso. O ser humano também está passando por maus tratos, sem causar tanto furor. A diferença é que o animal não fala isso é um principio básico para o ser humano defendê-lo. O homem não se sente enfrentado. Imagine se logo pela manhã seu cachorro lhe desse uma bronca: “- Você está atrasado! Cadê o meu leite?” Cansado, ainda acordando, você esquenta o leite do cachorro. O cachorro poderá lhe falar: “Você esquentou muito, não estou acostumado a beber leite tão quente!”. Nessas circunstâncias não sei como seria a relação do ser humano com o cão. Há uma tendência do ser humano sensibilizarem-se mais quando algo o atinge diretamente. Se em um quarteirão cinco casas são destruídas por um vendaval, os demais moradores irão sensibilizar-se. Se um tufão destruir tudo, todos perderem suas casas, todos se unirão.

O que é psicoterapia regressiva?

Pode ser regressão de memória consciente, muitas frustrações, recalques que surgiram na infância. A função da psicanálise é tornar consciente o que está inconsciente. Existem técnicas para isso.

A famosa pessoa tida como “nariz empinado”, como pode ser definida?

Talvez complexo de superioridade. Essa pessoa pode ter complexo de inferioridade, auto-estima baixa. Ela entende que para continuar lá em cima tem que pisar nas pessoas. É uma forma de auto defesa. Se alguém perceber que essa pessoa é fraca ela estará liquidada, a pessoa tem consciência de que é fraca.

Como podemos definir auto-estima?

É você se valorizar, é você gostar de você, é saber que para você a pessoa mais importante é você mesmo.

É possível fazer a pessoa aprender a ter auto-estima?

Ela pode desenvolver sua auto-estima. Todos nasceram com auto-estima. Perdemos porque o mundo é muito materialista, se você não tem posses sobre algo você não é nada. Não se valoriza o ser, mas sim o ter.

A pessoa que para se manter no que considera um bom emprego e “beija o chão que o chefe passa” poderá ter auto-estima?

Ela sempre terá auto-estima baixa.

Quanto tempo o senhor permaneceu no laboratório de análises clinicas?

Permaneci por 20 anos, ficava na Avenida 31 de Março, depois foi mudado para o prédio situado atrás do Mercado Municipal, ali permaneci até o ano de 2000, ano em que fui candidato a vereador pelo PV, por 10 anos permaneci no PV, por convicção, fui secretário do partido. De 2001 a 2004 fui assessor de João Pauli, fui nomeado Ouvidor da Saúde e Coordenador do Núcleo de Capacitação e Educação Continuada da Secretaria Municipal de Saúde. Em novembro de 2004 me desfilei do PV. Em 2005 o Prefeito Barjas Negri me convidou para ir para a Vigilância Sanitária. Nesse mesmo ano me filiei ao PTB, e estou lá até hoje. O presidente do partido é o vereador João Manoel.

O senhor tem algum projeto político?

Nas próximas eleições pretendo ser candidato a vereador, espero poder contribuir com a população.

Qual foi o seu primeiro livro?

O meu primeiro livro foi a “Arte Esquecida De Ser Diferente”, faz uns 30 anos que escrevo, sempre escrevo para “A Tribuna” e para a “Folha da Cidade”, em 2009 fui convidado para fazer parte da Academia de Letras do Brasil, fui eleito presidente da regional de Piracicaba, nessa época eu tinha bastante material para publicar, juntei o material e a Academia publicou, na época foram vendidos 1.000 exemplares. A segunda edição do livro foi independente, mais uns 1.000 exemplares. Lancei mais um livro “A Missão e o Momento”, todos nós temos missões a cumprir, é preciso saber qual é o momento de colocar em prática essa missão.

O que é ser sensitivo?

É ter um sentimento mais apurado, principalmente nas questões espirituais.

O senhor ministra cursos em empresas?

Dou cursos e palestras, todos os anos umas 10 empresas me contratam. São cursos de 6 horas a 60 horas. São cursos ministrados conforme o interesse da empresa, por exemplo, despertar lideranças. Todo líder tem que se relacionar bem com as pessoas.

Como surgiu sua vocação política?

Desde criança tive uma liderança construtiva, que quer mudar as coisas.

O senhor acredita que possa mudar determinadas situações, muitas vezes ouvimos alguém dizer, que fulano tem uma conduta ética e moral impecável, mas se ele for tentar mudar um grupo de pessoas, esse grupo irá criar dificuldades para ele, podendo até excluí-lo desse grupo.

Entendo que a ordem do progresso é mudança. Quem não muda a si mesmo não muda ninguém. Só conseguimos mudar as pessoas se formos diferentes. A inveja é o combustível do ódio.

A inveja não cria mais problemas para quem sente inveja do que quem é invejado?

Nós somos um espelho, um eco e uma bussola, um para o outro. Quantas vezes em uma empresa, em um departamento, a pessoa vai tomar um café escuta a voz do outro, imediatamente direciona sua bussola noutro sentido. Quando quem estava na cozinha sai, aquele que mudou de direção volta á cozinha. Eco: se continuar a fazer o que está fazendo continuará a obter o que está obtendo. Espelho: Quando aponta o defeito da pessoa, parte desse defeito já é seu por natureza. A energia que vai, acaba voltando para você.

O que o senhor está afirmando, um dia a humanidade passará a sentir e a se respeitar mais?

Eu entendo que o Planeta Terra é um planeta de expiação e provas. Estamos aqui para aprender, para melhorar. Assim como acredito que virão novas gerações que passarão a dar belos exemplos. Tudo tem uma razão de ser, o Universo é uma grande engrenagem, sincronicidade é quando o universo conspira a seu favor.

Frei Tito o influenciou?

Eu era mais novo do que ele, quem mais me influenciou foi Frei Francisco Erasmo Sigrist, foi ele quem celebrou meu casamento em 2 de dezembro de 1989 realizado na Igreja do Lar dos Velhinhos.

Como o senhor vê a atuação da mídia sobre a população?

Vejo a televisão como a eletronização dos sonhos. Por exemplo, a mocinha vê pela novela que ela precisa casar com um homem rico, esse negócio de estudar e trabalhar não está com nada!

O pensamento atrai acontecimentos?

O pobre que pensa como rico, enriquece, o rico que pensa como pobre empobrece. Só que o pobre que vive como rico, fica endividado! Ele quer viver uma forma de vida que não é a realidade dele. Pensamentos geram sentimentos que geram ações.

A relação entre pais e filhos dentro de uma família não exatamente idêntica. Um filho poderá ser considerado mais capaz do que o outro. Isso cria um ambiente que direciona os comportamentos da própria família entre si?

Se a pessoa acreditar naquilo que estão dizendo a respeito dela, quem disse passará a ter razão. A palavra tem poder. É como se tivéssemos uma porta, as palavras são pregos que a pessoa vai pregando. Com o passar do tempo a pessoa poderá se arrepender do que disse, irá pedir desculpas, Ela estará tirando os pregos, mas os furos dos mesmos permanecerão.

O senhor tem a intenção de participar da vida política, candidatando-se á Câmara Municipal?

Sou pré-candidato pelo meu partido. O meu foco é o valor integral do ser humano, tenho certeza de posso fazer alguma diferença. Eu não teria nada para me envolver nessa atividade, mas sinto que algo está me conduzindo para isso, e estou respeitando essa determinação.

O senhor sente alguma sedução pelo poder?

Sedução não. Sempre me relacionei muito bem com as pessoas, ocupando cargos ou não.

O senhor realiza palestras?

Realizo, basta agendar com antecedência. Em outubro realizei uma palestra sobre Inteligência Emocional, para o Comando da Policia Militar CPI 9, tinha 170 oficiais do comando. Tenho um aluno que faz o curso de Logística, é capitão da PM, e ele me convidou.

Palestras para platéias composta só por mulheres o senhor realizou? O Quociente Emocional é diferente?

Há algumas diferenças básicas entre a “maquina humana” masculina e feminina. A mulher para realizar sexo tem que estar bem. O homem tem que realizar sexo para ficar bem. Casais inteligentes enriquecem em todos os sentidos: emocional, espiritual e material. A mulher não é mais tagarela do que o homem, ela é mais comunicativa. O homem é a cabeça, isso foi imposto pela sociedade. Só que a mulher é o pescoço, quem move a cabeça? É o pescoço! São pequenos detalhes que existem de fato. A função básica minha é fazer com que a pessoa acredite nela mesmo. Se você estiver bem irá transferir isso para outras pessoas, quem não tem, não pode dar. Estar vivo é ter uma missão a cumprir, com cautela para não induzir as pessoas.

O senhor tem algum hobby?

Sempre gostei de capoeira, pratiquei por 20 anos, tenho cordão azul e amarelo. Gosto de tocar atabaque, cavaquinho, violão, berimbau. Gosto de escrever, ler.

Atualmente o senhor realiza um projeto junto a comunidade?

É o “Projeto de Gestão e Educação Ambiental: o homem, o tempo e o ambiente”. Já está indo para o terceiro ano. Encontramo-nos uma vez por semana, as pessoas da comunidade podem participar do projeto. Discutimos temas sobre o meio ambiente, trazemos pessoas para palestrarem.


















































































































































































Arquivo do blog