Se alguém ainda duvida da importância de conhecermos o passado para construirmos o nosso futuro, então que revogue todos os conhecimentos acumulados pela humanidade até a presente data. J.U.Nassif

quarta-feira, junho 30, 2010

Presidente da ANPAD morre em Curitiba



A comunidade acadêmica brasileira está em luto com o falecimento inesperado do Professor Clóvis Luiz Machado-da-Silva, Presidente da ANPAD, na madrugada do dia 26 de junho.
As palavras do Presidente da ANGRAD, Prof. Adm. Mauro Kreuz, manifestam o sentimento de toda a comunidade Angradiana no Brasil “estamos todos tristes e consternados por perdermos um amigo, um intelectual, um líder e um colega da academia como o Presidente Clóvis. É muito difícil encontrar palavras para externalizar o sentimento da dor pela sua partida. Que façamos das nossas orações um apelo a Deus pela sua nova vida, para que ele possa continuar nos iluminando com sua singular sabedoria, que nos encantou enquanto esteve aqui conosco”.
O Professor Clóvis Luiz Machado-da-Silva foi Presidente da ANPAD em diversos mandatos, tendo ainda prestado relevantes serviços à instituição em vários outros cargos. Grande incentivador da produção científica da área de Administração no Brasil, o professor Clóvis foi fundador e editor da RAC – Revista de Administração Contemporânea e da BAR – Brazilian Administration Review, além de servir no Conselho Editorial de diversas revistas científicas nacionais e internacionais. Era pesquisador I-A do CNPq, tendo recebido diversos prêmios científicos, Conselheiro no Advisory Board da University of Birmingham (Inglaterra) e Vice-Presidente da Iberoamerican Academy of Management. Exercia suas atividades acadêmicas como Professor Titular da Universidade Federal do Paraná e da Universidade Positivo, onde era Coordenador do Programa de Mestrado e Doutorado em Administração.
Dedicou-se por mais de três décadas ao ensino e à pesquisa nas áreas de Estudos Organizacionais e de Estratégia em Organizações, com ênfase na perspectiva institucional de análise. Suas investigações mais recentes endereçavam a questão da reciprocidade entre estruturas e ações sociais e sua simultaneidade no contexto da prática, mediante o uso de metodologias diversas, com destaque para a interpretação intersubjetiva dos atores sociais.
Em sua brilhante trajetória na academia brasileira, o professor Clóvis serviu de exemplo a toda uma geração de professores e pesquisadores e contribuiu de maneira fundamental para o aprimoramento da área de Administração no Brasil.
O professor Clóvis deixa sua esposa, duas filhas e netos.

Arquivo do blog