Se alguém ainda duvida da importância de conhecermos o passado para construirmos o nosso futuro, então que revogue todos os conhecimentos acumulados pela humanidade até a presente data. J.U.Nassif

"A força está na serenidade do ânimo e no equilíbrio dos sentimentos."

domingo, junho 10, 2007

MAPA GEOREFERENCIADO

A Prefeitura de Piracicaba, por meio da Secretaria Municipal de Agricultura e Abastecimento e o Instituto de Pesquisas e Planejamento de Piracicaba lançam no próximo dia 21 de junho, às 10h, no anfiteatro do o Mapa Georeferenciado das Estradas Rurais do Município de Piracicaba com sistema de localização por satélite.O mapa das estradas rurais é uma inovação, segundo o diretor-presidente do Ipplap, João Chaddad. “O mapa é inédito na região, talvez no Brasil”. Antes deste mapa, a única forma de localização das estradas rurais era um mapa em papel vegetal, que não tinha codificação, nos moldes do Departamento de Estradas e Rodagem. Com este mapa, as vias são codificadas em radiais, transversais e acesso. Isto facilita toda a localização. “Quando você diz que está na estrada rural PIR 290, há possibilidade de você saber se está ao sul da Catedral de Santo Antônio (marco zero deste mapa) ou a norte, por exemplo. É como a localização das estradas estaduais, que tem como marco zero a Praça da Sé”.Para o secretário Municipal de Agricultura e Abastecimento, Waldemar Gimenez, a produção deste mapa atende uma aspiração da Sema e vem ao encontro de um anseio grande de ter um mapa georeferenciado, que auxilia e muito no trabalhos desenvolvidos pela municipalidade, em especial àquela que ele é o titular. “Com este mapa, podemos visualizar nossas estradas, nossas pontes, nossas passagens, o que facilita muito o trabalho da Secretaria”.Gimenez ainda lembra o quanto que o mapa poderá colaborar na vida do morador da zona rural. “A existência do mapa permitirá que o morador da zona rural tenha um endereço e receba, por exemplo, compras de supermercado, de lojas de eletrodomésticos, cartas do correio, atendimento policial, hospitalar e de bombeiros, só para citar alguns exemplos.”Chaddad complementa a fala de Gimenez e afirma “Para nós que vivemos na área urbana, ter acesso a estes direitos parece uma coisa elementar, mas para a zona rural isto é um grande avanço”.Chaddad ainda lembra que isto é um grande avanço mesmo, porque Piracicaba é 19º município do estado em tamanho e que tem mais de 2.000km de estradas rurais. “Georeferenciar esta área é ter poder ter noção de todo o nosso território, que é formado por 11% de área urbana e 89% de área rural.”Além do lançamento do mapa, os responsáveis anunciam - como etapa posterior - a colocação de placas indicativas na zona rural, principalmente nas bifurcações. O mapa foi elaborado pelo Ipplap, com colaboração da Sema e do engenheiro João David Pavani.

Arquivo do blog